FUJIFILM participa da 41° edição do CBA

A multinacional japonesa conta com soluções tecnológicas de ponta, que facilitam a rotina dos veterinários no atendimento aos animais. O raio-x portátil Xair, o equipamento de diagnóstico para realização de exames de sangue DRI-CHEM, bem como os ultrassons da linha Sonosite, o M-Turbo e o Edge II, serão expostos no evento


A FUJIFILM marca presença no 41º Congresso Brasileiro da Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (Anclivepa), que acontece no período de 25 a 27 de maio, em Maceió (AL).

A empresa japonesa leva ao evento o raio-x portátil FDR Xair. O equipamento apresenta como uma das principais características a praticidade na utilização, uma vez que tem o tamanho de uma câmera fotográfica, pesando apenas três quilos. O FDR Xair tem como outro diferencial, além das suas dimensões, o fato de ter um design extremamente amigável: possui botões em ambos os lados, permitindo a interação com um dos dedos enquanto o segura, e um layout que agrupa as funções necessárias.


Raio-x portátil FDR Xair

Fonte foto: fujifilm.com/

A bateria de polímero de lítio embutida no FDR Xair é capaz de disparar até 100 imagens em ambientes onde não haja eletricidade, desde que esteja com a carga completa. A solução destaca-se, ainda, por ser mais segura, pois emite uma menor carga de radiação em comparação com os demais aparelhos do mercado veterinário.

A solução para realização de análises clínicas Dry CHEM também está em demonstração durante o congresso. Com base no conceito de química seca voltada ao diagnóstico in vitro, o Dry CHEM tem a capacidade de analisar os perfis bioquímicos completos ou somente os parâmetros individuais, como os níveis de glicose e colesterol do pet, por exemplo. Ao mesmo tempo que é leve e fácil de manejar, a solução também é robusta, trazendo resultados rápidos e com precisão - em torno de seis minutos- tempo ideal para situações de emergência. O equipamento permite alcançar resultados confiáveis mesmo em situações adversas, como a ausência de jejum e a presença de fatores estressores capazes de alterar exames. Ao processar amostras rapidamente, os equipamentos da linha DRI-CHEM permitem ao veterinário fechar diagnósticos ainda na consulta, algo que impacta positivamente no bem-estar do animal.

As soluções da FUJIFILM têm como diferencial a praticidade, tendo em vista que os profissionais que atendem a domicílio e as clínicas veterinárias poderem fazer o exame no local, sem precisar promover o deslocamento do animal, o que, em geral, acarreta em situação de estresse para o pet.

Com foco no tratamento de equinos e animais de pequeno e grande porte, a FUJIFILM expõe no congresso dois equipamentos de ultrassom da linha Sonosite, que têm características de alta portabilidade e robustez. O Sonosite M-Turbo, por exemplo, pesa somente 3,4kg (com a bateria) e conta com uma tampa para proteger o monitor e o teclado. Ao mesmo tempo que tem a durabilidade de um aparelho que foi projetado para atender às especificações do exército dos EUA em missões com baixa qualidade de estrutura e alta periculosidade, o M-Turbo é muito prático para o dia a dia, pois inicializa em menos de 20 segundos.

Já o Sonosite Edge II foi projetado pensado no controle de infecções, tendo em vista que possui um teclado com vedação estendida até a borda com o objetivo de inibir a entrada de líquidos, bem como teclas de baixo perfil com tecnologia snap-dome, que visa facilitar a limpeza e oferecer feedback tátil. Além disso, O Edge II conta com uma tela grande angular com revestimento antirreflexo para ajustes mínimos durante a visualização.

Os equipamentos apresentados pela Fujifilm no congresso da Anclivepa podem ser utilizados pelos veterinários como os maiores aliados na rotina profissional, uma vez que permite um diagnóstico rápido e preciso, oferecendo excelente relação custo/benefício. Segundo Melissa Kuriki, diretora da divisão médica da FUJIFILM no Brasil, a empresa tem uma expertise muito grande no segmento de tecnologia voltada à saúde, que está sendo direcionada também para a área veterinária. “Nós já contávamos com alto poder de desenvolvimento tecnológico para equipamentos da medicina humana e percebemos que esse potencial pode ser muito importante também para o tratamento de animais.


Identificamos também que a prática de atendimento domiciliar para pets aumentou muito depois da pandemia e deve continuar em alta de agora em diante. Tendo em vista o fato da FUJIFILM contar com soluções portáteis, demonstra que estamos alinhados com o mercado”, avalia. Serviço: 41° Congresso da Anclivepa Data: 25 a 27 de maio Informações: www.anclivepaal.org.br/

Fujifilm Brasil A FUJIFILM do Brasil Ltda., subsidiária da FUJIFILM Holdings América Corporation, é formada por três divisões de negócios: Imagem; Médica e Soluções para Negócios. A Divisão de Imagem oferece produtos e serviços fotográficos, como câmeras; uma extensa linha de lentes; filmes; papel fotográfico, equipamentos para impressão digital. A Divisão Médica é fornecedora de produtos e soluções de diagnóstico por imagem para atender as necessidades dos serviços de saúde em qualquer ambiente. Entre as soluções, destaque para equipamentos de raio-X digital; ultrassom; solução de TI; soluções de inteligência artificial; análise bioquímica, sistemas avançados de mamografia digital, além de serviço de manutenção e atendimento. A Divisão de Soluções para Negócios oferece produtos e serviços à indústria gráfica comercial e editorial; embalagens e impressão digital de grandes formatos. Consolidada como líder mundial na fabricação de fita armazenamento de dados, oferece ainda soluções inovadoras para a indústria como filme de mensuração de distribuição da pressão, e filtros e microfiltros.

A FUJIFILM Holdings Corporation, Tóquio, Japão oferece inovação constante e tecnologia de ponta em todos os seus produtos para uma ampla variedade de indústrias, incluindo: atendimento à saúde através de sistemas hospitalares, farmacêuticos e cosméticos; sistemas gráficos; materiais de alta funcionalidade, tais como materiais para mostradores em tela plana; dispositivos óticos, como lentes para o setor televisivo e cinematográfico; geração de imagens digitais e criação de documentos. Todos esses recursos são garantidos por um vasto portfólio de tecnologias nas áreas: química, mecânica, ótica, eletrônica, softwares e processos. No fechamento do ano fiscal em 31 de março de 2021, a empresa apresentou resultados de faturamento global da ordem de US$ 21 bilhões, com uma taxa de câmbio de 106 ienes o dólar. A Fujifilm está comprometida com a manutenção do meio ambiente e com as boas práticas corporativas.


Para mais informações, visite: www.fujifilmholdings.com


Informações assessoria de imprensa, edição da redação